terça-feira, 14 de setembro de 2010

14 de Setembro de 1941
Dia que é um marco para o cinema brasileiro.
Foi o dia da fundação da Atlântida – da Companhia Cinematográfica Atlântida, que nasceu na cidade do Rio de Janeiro, então capital do país.
A Atlântida foi responsável pela criação de um gênero cinematográfico bem brasileiro, a chanchada
Chanchada... eram filmes que misturavam romantismo, música e trapalhadas.
Comédias com pitadas generosas de carnaval e de uma malícia deliciosamente ingênua.
Algumas pérolas produzidas pela Atlântida... o filme “Nem Sansão, nem Dalila”, uma paródia do épico produzido por Hollywood, “Sansão e Dalila”.
Outra pérola é o que registra o grande ator José Lewgoy brincando como  bandido do velho oeste em “Matar ou Correr”, paródia do holywoodiano “Matar ou Morrer”.
Outro sucesso da Atlântida foi o filme “Aviso aos Navegantes”, com o dupla romântica Eliana, a cantora, e Anselmo Duarte.
Eram todos filmes considerados menores, mas que lotavam os cinemas.
Agradava muito ao público ver na telona um certo jeito de ser do brasileiro, seus trejeitos brejeiros, as piadas cariocas malandras e o discurso maroto.
Em 21 anos de atividade, a Atlântica produziu 66 filmes.
No ano de 1961, o Rio de Janeiro não era mais capital federal e o público já não se encantava mais pelas chanchadas.
Foi o ano em que a Atlântida fechou suas portas.







Um comentário:

  1. William Reis Meirelles27 de setembro de 2010 14:48

    Há um equívoco na informação. A Atlântida Cinematográfica está em atividade até noje. Veja a sua página na internet: http://www.atlantidacinematografica.com.br/

    ResponderExcluir